Entre Pedras, Textos e Imagens: Memórias de um Velho Engenho

Situadas na cidade de Santos e consideradas como monumento nacional, as ruínas do Engenho São Jorge dos Erasmos estão entre as mais antigas do período colonial do Brasil. O documentário inédito reúne imagens de arquivo e gravações produzidas na Bélgica para revisitar a história deste significativo sítio arqueológico, a partir de um manuscrito redigido em São Vicente no ano de 1548 destinado ao seu proprietário, um abastado mercador estabelecido em Antuérpia, Erasmus Schetz. Passados 480 anos, os remanescentes arquitetônicos deste velho engenho testemunham o período histórico de formação de nossa sociedade mestiça.

Direção, Produção, Roteiro e Montagem: Silvio Luiz Cordeiro
Realização: Museu Imaginário – Arte, Cultura e Ciência
Ano: 2017
Duração: 58 minutos

Projeção do documentário Entre Pedras, Textos e Imagens – Memórias de um Velho Engenho na Casa das Caldeiras, em evento do Centro de Estudos de Arqueologia, Artes e Ciências do Património e o Instituto de Arqueologia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Entre Pedras, Textos e Imagens – Memórias de um Velho Engenho no Centro de Estudos de Arqueologia, Artes e Ciências do Património da Universidade de Coimbra